21 de agosto de 2017

Que horário devemos comer?

Há muito pouco tempo atrás a regra geral era: coma a cada 3 horas. Mas, ultimamente tem se falado muito do jejum intermitente, que consiste em ficar sem nenhum alimento por grandes períodos e sugerem ficar assim por 16 a 24 horas.
Falando um pouco sobre jejum, sabe-se que desde muito tempo atrás e até os dias de hoje muitas culturas e religiões, como por exemplo no islamismo, no judaísmo e também cristãos e budistas, adotam esse tipo de abstenção, por um período determinado de dias, reforçando as bases de sua fé a partir da ausência de algo tão importante. Pensando na vida dos seres humanos na pré história o jejum também acontecia, pois a oferta de alimentos era infinitamente diferente dos dias atuais. Era necessário caçar! E além disso, o clima era muito mais rigoroso e no inverno acontecia muitas vezes de não existir alimento algum à disposição.  A partir desses e de outros fatos, muitos pesquisadores resolveram estudar os efeitos do jejum, inclusive como estratégia para emagrecimento.
Como podemos então entender o que é mais saudável para o nosso organismo?
Tomando como base o conhecimento milenar da Dietoterapia Chinesa, está comprovado que a cada 2 horas cada órgão tem seu pico de atividade e dentro das 24 horas do dia, cada um de nossos órgãos internos receberá a energia que geramos por meio dos nutrientes que absorvemos dos alimentos (em conjunto com outros meios como por exemplo a respiração e a energia ancestral, que recebemos dos nossos pais).
Apenas para ilustrar, observamos abaixo os horários de maior circulação de energia em cada órgão.
7 as 9hs – Estômago
9 as 11hs – Baço – Pâncreas
11 as 13hs – Coração
13 as 15hs – Intestino Delgado
15 as 17hs – Bexiga
17 as 19hs – Rim
19 as 21hs – Pericárdio (Circulação do sangue – Sexualidade)
21 as 23hs – Triplo Aquecedor (função integradora ligada aos aspectos do sistema endócrino)
23hs a 1 da manhã – Vesícula Biliar
1 as 3hs – Fígado
3 as 5hs – Pulmão
5 as 7hs – Intestino Grosso – horário ideal quando funciona de forma natural nesse período
A sugestão pode ser: realizar o café da manhã entre 7 e 9 horas da manhã, pois é o momento que nosso estômago está mais ativo. O lanche da manhã pode ocorrer entre 9 e 11 horas, devido à atividade do baço e do pâncreas. Contudo, se a sua manhã é mais corrida, pode ser feita apenas uma refeição, desde que ocorra entre as 7 e 11 horas. Este é o período mais importante para se alimentar, pois estamos nutrindo o elemento Terra, na visão da Medicina Chinesa, que é o centro do organismo e responsável pela energia, que vem dos alimentos! Se avaliarmos pela medicina e nutrição tradicional no ocidente, as funções do estômago, do baço e do pâncreas são óbvias na digestão e bom aproveitamento dos nutrientes.
O almoço tem seu melhor aproveitamento entre as 12 e as 15 horas, momento de maior energia no coração e intestino delgado, que tem como uma das principais funções, na visão da Medicina Chinesa, sintetizar nosso sangue por meio da subida dos nutrientes ao coração, em forma de essência pura.
No período da tarde observamos o pico de energia da bexiga e do rim que são os órgão que mais precisam de uma boa hidratação. Ou seja, será ótimo se você puder fazer seu lanche da tarde entre 15 e 17 horas. Se não, é fundamental nesse momento beber líquidos saudáveis (demos essa dica em 20/03/2017!)
O jantar a partir das 19hs, com alimentos mais leves e quantidade menor que o almoço, é essencial para garantir uma boa energia para função orgânica que influencia diretamente na saúde do coração, da circulação e dos órgãos sexuais, conhecido como Pericárdio na Medicina Chinesa. É importante ainda citarmos que o bom descanso e dormir cedo serão de grande ajuda para restabelecer a boa energia para os órgão que observamos acima, na lista de horários que ilustramos anteriormente.
Desta forma, concluímos que ao fazer 5 refeições saudáveis ao longo do dia, com intervalo médio de 3 horas entre cada uma, conseguiremos fortalecer as funções dos nossos órgãos internos, ter energia e disposição, além de ganhar imunidade, fertilidade e estrutura física, indo assim em busca da nossa saúde plena.
Resumo do que sugerimos:
Café da manhã entre 7 e 9 horas
Lanche da manhã entre 9 e 11 horas
Almoço entre 12 e 15 horas
Lanche da tarde entre 15 e 17 horas
Jantar a partir das 19 horas.
Para quem tem dúvidas sobre os conhecimentos da Medicina Chinesa, sugiro buscar os estudos da Física Quântica, muito bem documentada e comprovada aqui no ocidente. Para mais informações de Dietoterapia Chinesa, um dos canais que gosto e pesquiso é www.dietoterapiachinesa.com.br da Andrea Maciel Arantes.